Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Mães participam de mamaço na Baixada Fluminense 03/08/2017 Mães participam de mamaço na Baixada Fluminense Ação foi realizada pela Secretaria de Estado de Saúde na Praça Gil, em São João de Meriti, para conseguir doadoras para o Banco de Leite do da Mulher

Na tarde desta quinta-feira, dia 3/8, cerca de 30 mães participaram de um Mamaço, na Praça Gil, em São João de Meriti. As mulheres amamentaram seus bebês na ação promovida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com a Prefeitura de São João de Meriti. Além de lembrar a Semana Mundial da Amamentação, o evento também foi alerta para conseguir doadoras para o Banco de Leite do Hospital Estadual da Mulher Heloneida Studart.

- O leite materno é o único alimento indicado a bebês de até seis meses porque oferece todos os nutrientes que o recém-nascido precisa. Além de hidratar, nutrir e sustentar, o leite materno reduz em até 20% a mortalidade dos recém-nascidos. Apesar de muito importante, são poucas as gestantes que sabem dessa possibilidade, por isso, nossa campanha nas maternidades acontece ao longo do ano - explicou o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.

Durante o evento, as mulheres receberam orientações sobre aleitamento materno e participaram do sorteio de carrinhos de bebês. A equipe do Banco de Leite ofereceu uma palestra sobre a importância da amamentação e realizou um pré-cadastro das mães para que elas se tornem doadoras de leite para o Hmulher.

- O nosso Banco de Leite atende toda a Baixada. Mas hoje temos um número muito baixo de doadoras, nossos estoques estão muito baixos. É importante esclarecer que o medo que as mães têm de que ao doar, falte leite para o seu bebê, é uma grande mentira. Quanto mais ela doa, mais leite ela terá – explica o Philippe Godefroy, responsável médico do Banco de Leite do HMulher.

Para facilitar a doação e garantir o transporte correto do alimento dos bebês, as doadoras do Banco de Leite do HMulher contam com um serviço de transporte, que vai até a casa delas quando completam o frasco com o leite a ser doado. A mãe envia uma mensagem para a equipe e agenda a visita para a coleta. Toda mulher saudável que amamenta, e não toma medicamentos que interfiram na amamentação, pode ser uma doadora. Não há uma quantidade mínima para ser coletada e ela pode realizar o procedimento quantas vezes quiser em sua fase de amamentação.

Ao se cadastrar no Banco de Leite, a mulher passa por uma consulta e coleta exames de sangue, em seguida ela é capacitada para fazer a ordenha, que é a retirada e o armazenamento do leite. Esses procedimentos são realizados para garantir a qualidade do leite. Pelo telefone 2651-9675, profissionais do Banco também orientam mães que tenham dúvidas sobre amamentação e informam sobre a doação de leite.

A jovem Joyce Karine Souza, de 18 anos, moradora de Costa Barros, participou do evento com seu bebê Heitor, de 2 meses. Mesmo com dificuldades para amamentar o menino, ela ficou atenta às orientações dos profissionais e disse que gostaria de se tornar doadora.

- Ele ainda tem dificuldades para sugar o leite do meu peito, por isso aproveitei para perguntar tudo. As meninas do banco de leite me ajudaram bastante, acho que logo vou poder ser até doadora também – disse Joyce.

Onde doar?

* Hospital Estadual da Mulher Heloneida Studart - A unidade fica na Av. Automóvel Club, s/nº, Vilar dos Teles, em São João de Meriti e recebe doadoras de leite humano de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. As voluntárias são cadastradas, realizam uma consulta onde o sangue é coletado e são capacitadas para realizar a ordenha em casa também. A unidade disponibiliza o material para armazenagem e busca semanalmente a doação na casa da pessoa. Para mais informações, as interessadas podem entrar em contato pelo telefone 2651-9675.

* Hospital Estadual Adão Pereira Nunes - As mães solidárias interessadas em doar leite também podem entrar em contato com o SOS Amamentação do HEAPN, que funciona no número 3675-0910, ou se dirigir ao endereço Rodovia Washington Luiz, s/nº, no bairro Jardim Primavera, em Duque de Caxias. A unidade pode receber a visita das doadoras 24h.

Telefones úteis