Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Secretário propõe novo pacto federativo da saúde em encontro no RJ 17/05/2017 Secretário propõe novo pacto federativo da saúde em encontro no RJ Durante um encontro na Associação Comercial do Rio de Janeiro, Luiz Antônio Teixeira Júnior, propôs uma redistribuição dos recursos federais na rede de saúde pública do Rio

Um novo paradigma no Sistema Único de Saúde começa a ser traçado por entes governamentais, iniciativa privada, conselhos profissionais e sociedade civil. Durante um encontro na Associação Comercial do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (17/05), o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, propôs, na presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e de representantes do Cremerj e do empresariado fluminense, uma redistribuição dos recursos federais na rede de saúde pública do Rio.

- As seis unidades federais na cidade do Rio de Janeiro recebem R$ 3,2 bilhões por ano. E o Estado do Rio, com 92 municípios, recebe R$ 545 milhões por ano para a rubrica de média e alta complexidades. Desenhar um novo pacto federativo para a otimização desses recursos é tão ou mais importante do que melhorar a resolubilidade dos atendimentos nos hospitais federais de referência e especializados ou criar um mutirão para unificar a regulação e acabar com as filas de cirurgias eletivas - defendeu o secretário Luiz Antônio.

Após a reunião com os representantes da Associação Comercial - capitaneados pelo presidente Paulo Protasio - e o presidente do Cremerj, Nelson Nahon, o secretário e o ministro receberam um documento com propostas para a saúde pública intitulado "A Saúde que podemos ter" e elaborado pelo Conselho Empresarial de Medicina e Saúde da ACRJ.

- É imprescindível manter aberto esse diálogo não só entre as esferas de governo, mas também com a participação de quem pensa em soluções para a economia do Estado e do País - destacou o secretário Luiz Antônio.

Quer ver mais conteúdos em Notícias?
Telefones úteis